Basalto

Basalto é uma rocha ígnea vulcânica ou extrusiva, escura e muito finamente cristalina. É o principal constituinte da crosta oceânica. O magma que dá origem ao basalto é produto direto da fusão parcial do manto superior terrestre. O magma basáltico é relativamente mais quente (1000 – 1200 °C) que o magma granítico (700-900 °C), e também mais pobre em sílica (45 – 52% de SiO2), o que lhe confere uma característica mais fluida, menos viscosa, facilitando assim que chegue até à superfície.

Quando o magma extravasa até a superfície, e entra em contato com as condições de pressão e temperatura atmosféricas, resfria rapidamente. O rápido resfriamento da lava dificulta que os minerais cristalizados aumentem de tamanho, desenvolvendo assim uma textura denominada de afanítica, com grãos muito finos, não distinguíveis a olho nu. O basalto também pode apresentar uma textura porfirítica, ou seja, com grandes cristais precocemente cristalizados (fenocristais), imersos em uma massa mais fina de cristais não visíveis à olho nu. O rápido resfriamento do magma basáltico também pode impedir a cristalização de minerais, resultando em um vidro vulcânico. Já o gabro é o equivalente plutônico do basalto, ou seja, uma rocha de mesma composição mineralógica, mas com textura fanerítica, isto é, com grãos visíveis a olho nu (> 1mm).

Plagioclásio e piroxênio são os minerais essenciais do basalto, que também pode conter olivina. Por isso, o basalto é considerado uma rocha máfica, ou seja, uma rocha escura. Quando o basalto é rico em olivina esse é denominado de picrito. Os minerais acessórios mais comuns no basalto são espinélio, magnetita, ilmenita e apatita.

O basalto também pode conter vidro vulcânico e também cavidades formadas por gases aprisionados durante o resfriamento da lava. Quando as cavidades estão preenchidas, essas são denominadas de amígdalas, e quando vazias são denominadas de vesículas. Basaltos do Rio Grande do Sul são ricos em geodos, de dimensões centimétricas a métricas, preenchidos com ametista e ágata de grande beleza, o que lhe confere potencial econômico. Geodos de ametistas do Brasil estão expostos nos principais museus do mundo. O andesito é a rocha vulcânica de composição intermediária entre o riolito e o basalto.